Serei intransigente contra corrupção e falta de ética e moral: Nyusi

11 Set 2019 0 comment
(0 votes)
 

Almiro Mazive, da AIM, em Nampula

Nampula, 11 Set (AIM) – O candidato da Frelimo 'as presidenciais de Outubro deste ano, Filipe Nyusi, garante que, em caso de vitória, será intransigente para com governantes e servidores públicos que não assumam uma conduta ética e moral, e os que se envolverem em actos de corrupção.

“Para que você, cidadão moçambicano, possa ter um percurso de vida justo, serei intransigente para com os governantes e servidores públicos, a todos os níveis, que não assumam uma conduta ética e moral flexível, e vamos lutar, de forma audaz, contra a corrupção”, disse.

Nyusi falava hoje em pleno Estádio 25 de Junho, em Nampula, Norte do país, num “showmício” eleitoralista em que lançou o seu compromisso com o Estado e Povo moçambicanos, denominado “é contigo que dá certo”, perante milhares de membros e simpatizantes da Frelimo e não só que enchiam o rectângulo de jogos, bancadas, pista de atletismo e respectivos acessos. Maior parte dos que acorreram ao estádio trajava camisetes com a cor vermelha, predominante na bandeira da Frelimo, entre outro material propagandístico.

O candidato presidencial da Frelimo disse que tem sido notório que não há intocáveis no combate que se trava contra a corrupção.

“Para nós não haverá grande ou pequena corrupção. Venha de onde vier, ela será combatida”, assegurou, colhendo aplausos e cânticos com palavras como “é contigo que dá certo”.

Nos últimos tempos, a justiça moçambicana prendeu altas figuras públicas pelo seu envolvimento em escândalos de desvio de dinheiro do Estado, nomeadamente o caso das dívidas não reveladas, um outro de desvio do dinheiro de contribuintes no Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), entre outros.

Nyusi iniciou hoje a sua campanha eleitoral escalando os distritos de Malema e Ribáuè, mas foi na cidade de Nampula onde concentrou uma grande moldura humana e lançou o seu compromisso que relata uma vasta gama de realizações durante o seu mandato prestes a terminar, com destaque para o resgate da paz e reconciliação nacional, e desafios para o próximo ciclo de governação.

Alias, o secretário-geral da Frelimo, Roque Silva, disse, na ocasião, que para resgatar a paz o Presidente Nyusi teve que arriscar a sua própria vida e deslocar-se as matas de Gorongosa para dialogar com o falecido líder da Renamo, o maior partido político da oposição, Afonso Dhlakama.

Segundo Silva, foi a partir da coragem do Presidente Nyusi que se adoptou novas medidas de descentralização, já consagradas na Constituição da República, que incluem a eleição de governadores provinciais a partir de listas plurinominais de partidos políticos ou grupos de cidadãos eleitores concorrentes.

Nampula é o maior círculo eleitoral do país, contribuindo com 45 assentos no parlamento moçambicano.
(AIM)
mz/sn

Temos 144 visitantes e Nenhum membro online

Contacte-nos

Rua da Rádio - 112 - 5º Andar - Caixa Postal 896
+258 21313225/6
+258 21 313196